A GRANDE IMPORTÂNCIA DE FAZER O CHECK UP VETERINÁRIO REGULARMENTE

Home / Blog

Images

Assim como os humanos, os animais estão predispostos a desenvolverem diversas doenças, principalmente relacionadas ao envelhecimento. Temos por hábito realizar check ups periódicos para acompanhar nossa saúde e prevenir (ou remediar precocemente) o aparecimento de qualquer doença. É importante desenvolver o mesmo hábito com nossos animais de estimação e tornar a visita frequente ao médico veterinário parte de nossa rotina. Dessa forma, aumentamos a expectativa e qualidade de vida de nossos pets. Quando decidimos trazer um cachorro para nossas vidas, devemos ter em mente que estamos trazendo um novo membro para nossa família / matilha e que, cuidar de nossa família é um ato de amor responsável e um compromisso para toda a vida. Como nossos cães não “falam”, a tarefa de perceber que há algo errado com eles é única e exclusivamente nossa. Cabe ao tutor notar que seu filho canino não está bem e procurar como ajudá-lo. Nossos cães, durante toda a vida, são nossos fiéis companheiros e dependem exclusivamente de nós para serem felizes e saudáveis.
O Staffbull é um cão extremamente forte, resistente e dificilmente vai demonstrar dor. Quando isso acontece, é porque o caso já está muito grave! Por isso, é imprescindível conhecer bem o seu cão e fazer os check ups anuais, pois ele por si só não lhe dará indícios. Acompanhar sua saúde constantemente é uma medida preventiva para diversas alterações e doenças e uma forma de retribuir todo o amor e carinho que recebemos.

Como funciona o check up veterinário?
Quando você leva seu cão a médico veterinárioo, ele realiza alguns exames de rotina no próprio consultório que fazem parte do check up. Existem situações, durante a avaliação, em que o médico poderá solicitar exames complementares para confirmar alguma suspeita vista no quadro clínico geral do paciente. É o caso, por exemplo, da anemia, que ao avaliar as mucosas, pode-se suspeitar de tal alteração confirmada por um exame de sangue. Esse primeiro contato é chamado de Exame Físico, onde o veterinário avalia os parâmetros vitais, hidratação, linfonodos e, por fim, a inspeção geral e palpação do animal. Nesta fase, é possível perceber processos inflamatórios e infecciosos, desidratação, alterações fisiológicas que podem pressupor doenças e até formações de tumores.

Exames complementares que fazem parte do check up: quais são os mais importantes?
Infelizmente não é possível identificar todos os problemas apenas na inspeção e no exame físico. Porém, através dos exames complementares, pode-se fechar o diagnóstico. São eles:

  • Exame de sangue (com avaliação renal e hepática – fígado)
  • Exame de fezes e urina;
  • Exames cardiológicos;
Cada um desses exames ajuda a identificar uma alteração, mas todos eles se complementam para um check up completo. O exame de sangue, por exemplo, é um dos mais importantes e deve ser repetido ao menos uma vez por ano. Através dele, é possível perceber qualquer taxa metabólica alterada, infecções, doença do carrapato, índices glicêmicos e etc.
Os exames de fezes e urina ajudam a identificar qualquer quadro relacionado a vermes e infecções, enquanto os exames cardiológicos avaliam o grau de comprometimento e disfunção do coração (geralmente nos pacientes idosos).
Através de todas essas análises o médico veterinário consegue fazer um diagnóstico e traçar a melhor estratégia e indicar o melhor tratamento a ser seguido.